Número de mortes de motociclistas no trânsito cresce 9,4%

O número de motociclistas mortos nas vias do Estado de São Paulo cresceu 9,4% em 2017, na comparação com o ano anterior.

De acordo com dados do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), divulgados nesta sexta-feira (19), foram 1,9 mil casos no ano passado, contra 1.737 em 2016.

Os motociclistas representam 33,6% de todas as vítimas de acidentes no trânsito do estado.

Em segundo lugar nas estatísticas aparecem os pedestres, que correspondem a 28,3% das vítimas no trânsito. Segundo o levantamento, foram 1.596 fatalidades no estado em 2017, um aumento de 7,2% na comparação com o ano anterior, 1.489. Os idosos são as principais vítimas (34,4%).

As fatalidades envolvendo ocupantes de automóveis tiveram redução de -6,6% na comparação com 2016. Ao todo, foram registradas 1.335 fatalidades neste ano, contra 1.429 no período anterior.

Foto:Daniel Dantas/22-dez-17/Estadão Conteúdo.

Queda nos dados gerais

No levantamento geral de mortes no trânsito, 2017 registrou queda nos índices. Foram 5.727 vítimas em 2016, enquanto que no ano passado, 5.645 pessoas morreram nas vias do estado. Na comparação entre os meses de dezembro, houve uma alta de 2,1%.

<< Retornar

Fonte: O DESTAK 22/01/2018